26 setembro 2009

Curiosidade Bíblica sobre o Nome de Deus,(SEGUNDO TEOLOGOS )

  • Bom galera,eu pesquisei um pouco,e achei um texto explicando o POR QUER,e o significado de alguns nomes de Deus que vemos dia-a-dia na bíblia,eu achei bem interessante e pensei em postar aqui para tirar algumas de suas duvidas,até minhas pessoais,eu esclareci através desse texto,eu espero que vocês gostem !!!


A questão da tradução do nome de Deus tem a ver com a teologia judaica do nome divino. Os judeus não pronunciam o nome de Deus, não por questão política, mas por que hoje ninguém sabe exactamente como deveria ser pronunciado. De qualquer forma ele nunca foi pronunciado, pois o aspeto sagrado que tem não permite que o nome divino esteja nas bocas das pessoas. Essa é uma tradição que tem raízes antigas e continua ainda hoje. Em textos contemporâneos escritos por pessoas da religião judaica é comum encontrar o nome de Deus escrito “D*s”. Eles crêem que o nome divino é impronunciável. Quando lêem a Bíblia e encontram o nome de Deus, o tetragrama YHWH (Javé?), dizem no seu lugar “ADONAI”, que significa “Meu Senhor”. É importante também lembrar que no Antigo Testamento YHWY é um dos tantos nomes de Deus. Basta pensar a “Heloim”, que também aparece tantas vezes nos textos. Esses outros nomes de Deus são pronunciados normalmente e também aparecem nas nossas traduções.

Esses termos aparecem apenas no texto hebraico, isto é, no Antigo Testamento. A primeira tradução que tivemos do Antigo Testamento foi para o Grego, ainda antes de Cristo, lá pelos anos 200 antes de Cristo, em Alexandria. Os judeus, que viviam na cidade do Egito, traduziram para a língua que falavam os textos da sua bíblia. Essa bíblia foi aquela que os primeiros cristãos tiveram em mãos e na qual se baseia o Novo Testamento, que foi escrito em grego. Ness primeira tradução da Bíblia o tetragrama YHWH (Javé?) foi traduzido com kyrios”, que em grego significa “Senhor”. Outros nomes de Deus foram traduzidos com “Theos”, que em grego significa “Deus”. Jesus, os apóstolos e Paulo, por exemplo, não usaram nunca o termo Javé (YHWH), mas “Senhor”.
Nas bíblias em português esses quase não nos damos conta mais dessa questão. Porém ela existe ainda hoje. Como traduzir o tetragrama?

No Antigo Testamento traduzido por João Ferreira de Almeida e publicado em dois volumes quase sessenta anos após sua morte (1748 e 1753), é usada a forma JEHOVAH onde no texto hebraico aparece YHVH. Almeida fez isso baseado na tradução espanhola feita por Reina-Valera (1602). Na Almeida conhecida como Revista e Corrigida (RC), lançada em 1898 e que ainda hoje é usada, JEHOVAH foi substituído por "Senhor" nas passagens em que esse nome ocorre, menos naquelas em que está junto com ADONAY (Senhor), e em algumas poucas passagens esparsas. Nessas ocorrências a RC conservou JEHOVAH. Veja-se, por exemplo,
Is 61.1: "O Espírito do Senhor (ADONAY) JEOVÁ está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu"
(RC). Este último SENHOR também é, no texto hebraico, YHVH.

  • Nas bíblias católicas a mesma passagem vem traduzida em diferentes modos. Cito apenas dois exemplos:
A “Edição Pastoral” diz assim:
  • “O Espírito do Senhor Javé está sobre mim, porque Javé me ungiu.”

A “Ave Maria” traduz:
  • “O espírito do Senhor repousa sobre mim, porque o Senhor consagrou-me pela unção”

Nenhum comentário:

Teste a Velocidade da sua Internet!