22 outubro 2009

O Dever do Homem para com Deus


O homem foi criado por Deus como a coroa de toda a sua criação, à imagem de Deus e segundo a Sua semelhança (santo, justo e bom), com uma alma racional, para governar, como representante de Deus, sobre toda a criação.

O homem perdeu seu alto privilégio por causa de seu pecado e a quebra do pacto das obras. Assim, o homem se tornou cego e ignorante; Deus teve que lhe falar para instruí-lo e trazê-lo de volta ao conhecimento correto de Deus e de Sua vontade.

A Bíblia, portanto, é uma mensagem redentora: ela mostra ao homem o seu dever para com Deus e que ele é um pecador que necessita de redenção.

  • Naturalmente, o primeiro e primário dever do homem é se arrepender, voltar dos ídolos para Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro (1 Tessalonicenses 1:9).

Deus ordena que todos os homens em todo lugar se arrependam (Atos 17);
um arrependimento que é genuíno e crível, pois é seguido de boas obras.
“Produzi frutos dignos de arrependimento”.
O arrependimento é dever do homem; ele é tido como responsável por se arrepender, embora em seu estado caído, ele não possa se arrepender ou se converter por si mesmo, a menos que Deus o converta
(Jeremias 31:18; Lamentações 5:21).

Junto com o arrependimento e de uma forma inseparável dele está a

  • fé, sem a qual é impossível agradar a Deus (Hebreus 11:6).
  • “Este é o seu mandamento, que creiamos no Nome do Filho de Deus, e amemos um ao outro, como ele nos ordenou” (1 João).

Da mesma forma, a fé é um dom de Deus, instilado em nós pelo exercício do Espírito Santo. Onde há fé e arrependimento, um homem está numa relação correta com o seu Criador. Ele compreendeu que
o seu dever é fazer tudo no nome do Senhor Jesus Cristo (Colossenses 3:17),
até mesmo as coisas “triviais” tais
como comer e beber (1 Coríntios 10:31).

O homem foi criado para a glória de Deus, para que Deus pudesse manifestar a Si mesmo e para ser magnificado em, através, e sobre Sua criatura.

O sentimento de Agostinho, “Fizeste-nos para Ti e inquieto está o nosso coração enquanto não repousar em Ti”, embora não seja uma citação da Escritura, é totalmente escriturística (cf. Mateus 11:28).

A busca de Salomão para o sentido da vida vem desta conclusão toda abrangente:

  • “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem” (Eclesiastes 12:13).

Para concluir o dever do homem para com Deus, eu não encontro nenhuma sentença que seja melhor, mais compreensiva e mais abrangente, do que a declaração de Paulo em
  • Romanos 11:36: “Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.”.
_______________David Rodrigues

Nenhum comentário:

Teste a Velocidade da sua Internet!