19 abril 2010

Kaká pediu direção à Deus para decidir entre Manchester e Milan


Kaká falou sobre os motivos que o levaram a recusar a maior oferta já feita a um jogador de futebol no mundo. Em entrevista ao programa Bem Amigos!, do Sportv, o meia afirmou que a sua história na equipe italiana e a chance de voltar a conquistar grandes títulos pesaram a favor de sua decisão.

  • Evangélico, Kaká não esqueceu da sua fé na hora de escolher entre Manchester e Milão.

“Pedi realmente a direção de Deus. Foi um tempo de meditar e ficar orando”,“Foi uma proposta financeira que era boa para todo mundo e a negociação ficou pública. Mas ficar foi a decisão certa.” afirmou.
Kaká ainda disse que confia na recuperação total de Ronaldinho Gaúcho, mas aposta que ele não será mais o mesmo de anos atrás, devido a seu amadurecimento. “O jogador muda. 

Ele tem uma genialidade fora do comum, mas agora está jogando mais cadenciado”, completou.


Fonte: Mercado da Bola

Nenhum comentário:

Teste a Velocidade da sua Internet!